Bienal do livro: oportunidade de crescimento

A Bienal no Rio Centro novamante emerge questões fundamentais para o campo educacional.
Cito aqui Luís Fernando Veríssimo e me restrinjo a apenas postar um vídeo e uma reflexão desse ícone singular.


"O mundo é como um espelho que devolve a cada pessoa o reflexo de seus próprios pensamentos.
A maneira como você encara a vida é que faz toda diferença."


video


Obs.: Sobre a Bienal do Livro:

São 26 anos de uma bem-sucedida realização cultural e empresarial, tendo o livro como principal astro. Em 1983, nos salões do Hotel Copacabana Palace, numa área de cerca de 1 mil m², foi montada a I Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro. Dois anos depois, o cenário foi transferido para o São Conrado Fashion Mall. Em 1987, a Bienal do Livro chegou ao Riocentro, com 15 mil m², para tornar-se o acontecimento editorial mais importante do País nos anos ímpares e um evento cultural de mobilização nacional. A Bienal do Livro supera todas as expectativas de público, vendas e mídia e atinge um crescimento de 30% a cada edição.

0 comentários:

Postar um comentário